Videografia: The Prodigy

Depois de um grande hiatus (expressão que o próprio foca me ensinou), decidimos homenagear o Prodigy, que fará show no Brasil esse ano ainda e que significa para mim o marco inicial no mundo da musica eletronica. Lembro como se fosse hoje o dia que colocaram no winamp pela primeira vez aquela “banda de música eletrônica”, eu torci o nariz mas logo depois achei aceitável, até chegar ao ponto de sentir vontade de ouvir e a partir daí só aumentou a piração.
Prodigy é um projeto britânico de big beat, subgênero da música eletronica que tem como característica batidas de hip hop e funk bem aceleradas e usualmente riff de guitarra e distorções. Surge da mistura do breakbeat com o hard house.
Hoje o Prodigy é Keith Flint, vocal e ex-dançarino, Liam Howlett nos teclados e Maxim Reality, vocal e MC. Os videoclipes deles são obras primas regadas a subversão, sujeira e underground (sem falar do alto teor lisérgico de todos eles).
Minha parte da homenagem vai ser essa playlist do youtube que tem a videografia (se o youtube não sacanear com nenhum vídeo) deles. Preparem a pipoca e refrigerante ou seja lá o que vocês quiserem tomar para assistir!

Depois de um grande hiatus (expressão que o próprio foca me ensinou), decidimos homenagear o Prodigy, que fará show no Brasil esse ano ainda e que significa para mim o marco inicial no mundo da musica eletronica. Lembro como se fosse hoje o dia que colocaram no winamp pela primeira vez aquela “banda de música eletrônica”, eu torci o nariz mas logo depois achei aceitável, até chegar ao ponto de sentir vontade de ouvir e a partir daí só aumentou a piração.

Prodigy é um projeto britânico de big beat, subgênero da música eletronica que tem como característica batidas de hip hop e funk bem aceleradas e usualmente riff de guitarra e distorções. Surge da mistura do breakbeat com o hard house.

Hoje o Prodigy é Keith Flint, vocal e ex-dançarino, Liam Howlett nos teclados e Maxim Reality, vocal e MC. Os videoclipes deles são obras primas regadas a subversão, sujeira e underground (sem falar do alto teor lisérgico de todos eles).

Minha parte da homenagem vai ser essa playlist do youtube que tem a videografia (se o youtube não sacanear com nenhum vídeo) deles. Preparem a pipoca e refrigerante ou seja lá o que vocês quiserem tomar para assistir!

http://www.youtube.com/view_play_list?p=C83E14DE50D9A7E1&playnext=1

Anúncios

There are no comments on this post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: